EM BUSCA DE UM PROPÓSITO

Um dos principais motivos pela qual procrastinamos se dá pela falta de um propósito. Passamos a vida inteira tentando atingir metas que, muitas vezes, não são finalizadas. Estamos buscando uma mudança de vida que não leva a lugar nenhum. E sabe por que isso acontece? Porque não temos foco! Se não sabemos para onde queremos ir, provavelmente, qualquer caminho nos servirá. Faz sentido?

A cada início de ano fazemos promessas de coisas que não conseguimos realizar no ano que passou. E olhe só, quem nunca repetiu os mesmos objetivos? É o corpo ideal que eu busco, é a rotina alimentar e física, é visitar os parentes de forma regular, é fazer àquela viagem dos sonhos de 10 anos atrás, é passar na prova que alavancará a minha carreira, é fazer a faculdade mais atraente para o mercado, é aprender uma língua estrangeira, é comprar a casa própria, é trocar de carro, é casar, é ter filhos, é ajudar em um projeto filantrópico, dentre tantas outras coisas que sonhamos, queremos, até planejamos, mas que nos falta “algo” para concretizar.

A pergunta é: e por que queremos todas essas coisas? Pra quê estamos buscando realizar tais metas? Concordam que, se eu não tiver claro “pra quê” eu quero “isso”, a probabilidade de tal meta ficar pelo caminho é perfeitamente viável?

Podemos até iniciar todos os nossos projetos. Começamos o ano, geralmente, animados e otimistas com aquilo que traçamos pra nós. No entanto, as coisas se desvirtuam, impactando, se não tudo, pelo menos parte desses planos.

Existe ainda o que chamamos de Propósito de Vida, esse está mais voltado a uma grande missão de vida e a algo que te faça deixar um legado nesse planeta. O “pra quê” da sua existência e porque valeu a pena viver. Todos nós, estamos conectados a algo divino e é muito pequeno pensarmos o contrário, pois, apesar de sermos seres imperfeitos, a vida é uma perfeição, desde quando somos concebidos a todo o nosso ciclo existencial. Afinal, quem teria construído esse projeto da existência humana e da natureza?

Portanto, as coisas que mais nos movem são àquelas que dão motivação para seguir em frente. Precisamos perceber o que nos torna verdadeiramente felizes. O que faz sentido pras nossas vidas. E aquilo que não faz sentido, simplesmente, passar adiante, redesenhar, delegar ou mesmo eliminar. Perceber o que suga sua energia sem te trazer um estado de satisfação ou plenitude. E entrar num estado de autoconhecimento para identificar o que te motiva. Quais são os seus valores de vida? O quê você considera mais importante pra você? E, só então, definir objetivos e metas que estarão conectados com esse espírito de satisfação. É a tua vida nota 10! E como seria a tua vida nota 10? Já pensou sobre isso? Muitas vezes, não conseguimos por si só essa busca pelo autoconhecimento e, apoios externos, podem nos ajudar nessa jornada, como: livros de autodesenvolvimento, um coach, um treinador, um mentor, dentre tantos outros recursos especialistas no assunto.

Só não espere chegar a um nível de desmotivação que te impeça de realizar os teus sonhos. Seja de qual maneira você irá seguir esse plano de vida, mas não deixe de acreditar em você e na grandiosidade da tua existência.

Categorias: