LIDERANÇA INSPIRADORA

Quem disse pra você que liderar seria uma tarefa fácil? E que, pra exercer papéis de liderança no mundo corporativo, não basta receber aquela promoção dos seus sonhos ou conquistar aquele cargo executivo como uma oportunidade de aumentar sua remuneração. É certo que você poderá sim exercer muito bem seu papel de gestor, gerando os resultados que a sua empresa espera, mas já parou pra pensar se você está sendo chefe ou líder para sua equipe?

A primeira diferença entre chefe e líder, é que o chefe depende de um cargo para exercer sua posição de liderança, já o líder é àquele que conquista uma legião de seguidores mesmo que, pra isso, não tenha cargo algum. E sabe por que isso acontece? Porque um manda e o outro faz junto. Um verdadeiro líder inspira os outros a vontade de fazer e tem como característica marcante o ato de servir. Pra ele, fazer com que as coisas aconteçam é mais importante que o quê vai ser gerado em troca.

A liderança inspiradora é nato de um verdadeiro líder, mas também pode ser desenvolvida e praticada por aqueles que acreditam que liderar está na capacidade de se autoconhecer, se autogerenciar e adquirir competências intrínsecas que dará ao líder um propósito e a missão de exercer esse papel inteiramente voltado às pessoas.

Agora, você pode estar pensado… Se eu exercer uma liderança, pensando somente nas pessoas e servindo as mesmas, como vou atingir resultados que o mundo corporativo espera? Mas o diferencial está exatamente aí! Eu diria até que, o líder que investe na gestão de pessoas não só atinge resultados como pode superá-los. Qual é o maior capital dentro de uma empresa? Se você me responder que o maior capital de uma empresa está na tecnologia que você investe, na infraestrutura que é oferecida, nos negócios lucrativos que você fecha ou nos indicadores, números e relatórios do seu planejamento estratégico, é possível que você esteja precisando se atualizar do mercado e compreender o que hoje tornam os negócios mais sustentáveis.

Atualmente, o que mais as empresas têm investido é no capital humano. Pois se percebeu, que são as pessoas que levam as empresas a alcançarem resultados e a alavancarem seus negócios se, esse mesmo capital intelectual e humano, estiver engajado e motivado com o teu negócio. As empresas vêm sofrendo, hoje, o que chamamos de conflito de gerações, onde se faz necessário transformar atitudes de comando-controle para fazer parte do “time”. Ou você, líder, se enquadra nesse time como parte do todo ou o seu reinado estarão com dias contados.

Inspirar pessoas acontece, principalmente, de duas formas: dando o exemplo e proporcionando o bem comum. Dar o exemplo ultrapassa as fronteiras do poder, é realizar aquilo que se acredita e demonstra a sua vontade por realizar. E é essa vontade por realizar e exercer boas práticas que influenciarão e levarão as pessoas ao teu redor a fazer o mesmo. Por isso, a dica número um para se praticar a liderança inspiradora é dar o exemplo. A segunda forma de inspirar é prover o bem comum. E isso se dá quando praticamos o ato de servir ao outro. Ouvir às pessoas, estar atento ao que acontece a sua volta e atender as necessidades da sua equipe é um ato de amor e é esse serviço que as pessoas esperam de um líder.

Portanto, antes de buscar um upgrade na sua carreira, conquistar um cargo de gestão ou abrir seu próprio negócio, imagine-se lidando com pessoas e quais competências e habilidades você precisará desenvolver para realizar esse papel com muita maestria, sabedoria e paixão. Caso contrário, você será um mero chefe que usa o poder para mandar não para inspirar e despertar, nos outros, a vontade de fazer.

Categorias: